Destaques:
Notícias: 37ª Festa das Nações terá mais de 20 shows de música e dança
Notícias: Eleições 2022: TSE reponde Defesa e rejeita proposta dos militares para eleição
Notícias: Campanha destaca diagnóstico precoce para evitar glaucoma
Esporte: Jogador do Goiás faz boletim de ocorrência após injúria racial
Notícias: Pastoral da Criança: 35 anos salvando vidas na Diocese de Piracicaba
Notícias: 37ª Festa das Nações está confirmada para maio
Notícias: Prédio do Poupatempo será denominado de Jairo Ribeiro de Mattos
37ª Festa das Nações no Engenho Central
Compartilhe:

37ª Festa das Nações no Engenho Central

Ela voltou. Na noite de ontem, terça-feira, 19/04, o Teatro Erotídes de Campos, no Engenho Central, foi palco para o lançamento da 37ª Festa das Nações de Piracicaba, que retorna após um intervalo de dois anos, necessário por conta da pandemia do coronavírus. A festa, que acontecerá de 18 a 22/05, também no Engenho Central, um dos eventos mais importantes de Piracicaba, que reúne gastronomia, cultura e muita solidariedade, já que a renda é revertida em prol de 19 instituições sociais do município, apresentou seus colaboradores e as rainhas desta edição, que representam 15 nações.

Subiram ao palco do Teatro o prefeito Luciano Almeida, a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Andréa Almeida, o presidente da Câmara Municipal, Gilmar Rotta, o secretário de Governo, Carlos Beltrame, o secretário da Ação Cultural, Adolpho Queiroz, Antonio Valério, proprietário da Emblaplan, que representou os patrocinadores, e Fábio do Amaral Sanches, presidente da Fenapi (Associação Cultural Festa das Nações).

Em sua fala, o prefeito Luciano Almeida destacou a importância da Festa e declarou o apoio do Executivo ao evento. "A Festa das Nações funciona porque é feita por uma união de esforços, que é a sociedade civil organizada, instituições, pessoas e poder público, de forma efetiva e organizada. É assim que os projetos funcionam e a Festa das Nações é um exemplo clássico. Temos certeza de que será um sucesso por tudo que representa. Será uma festa bonita. Vai mostrar que a vida retomou e que hoje a gente começa uma nova história. Convido a todos a fazer parte dessa história", ressaltou.

Andréa disse que se sente alegre e honrada em participar e ajudar. "Sabemos que as instituições dependem muito desta festa para se manterem e ficamos muito felizes em poder anunciar que a festa vai acontecer", disse. A presidente do Fussp também lembrou do lançamento da plataforma PiraSolidária, ligada à Prefeitura, que será uma ferramenta inédita para unir instituições sociais de Piracicaba e voluntários. A plataforma também servirá para a inscrição de voluntários para a Festa das Nações.

Gilmar Rotta lembrou que, durante os dois anos de pandemia, as instituições tiveram de se reinventar, se reconstruir, mas não deixaram de atender as pessoas que necessitam. "As instituições são voltadas para o bem comum das pessoas de nosso município. Podem ter certeza de que esta festa será muito melhor que as anteriores", destacou.

"É uma noite de agradecimento. Fico emocionado por estar aqui, no lançamento da Festa e agradeço muito ao prefeito Luciano Almeida, que deu todo apoio para a realização da festa desde o início, assim como a primeira-dama, Andréa Almeida", disse o secretário Carlos Beltrame, que exaltou o trabalho de todos os envolvidos e dos funcionários da Secretaria Municipal de Saúde, no empenho de combater a pandemia e na agilidade da vacinação contra a Covid-19, que proporcionou o cenário atual.

O presidente da Fenapi, Fábio Sanches, também lembrou dos efeitos da pandemia da Covid-19, que cancelou a festa por duas edições, justamente em um momento em que as instituições mais precisavam de sua renda. "A Festa não é só fonte de renda, mas vitrine e momento de troca de relacionamento com pessoas e empresas que passam a contribuir de forma permanente com os projetos sociais. A tão esperada retomada traz consigo a esperança de que tempos melhores virão. Meu papel nesta noite é o de agradecer", disse Sanches. "A Festa das Nações tem a colaboração de toda a sociedade. São mais de 1.000 pessoas envolvidas na montagem, preparação, além de mais de 5.000 pessoas voluntárias durante os dias da festa. A festa é uma unanimidade, um evento que todos admiram e gostam e é fácil entender porque: a festa não é das instituições sociais, não é da Fenapi. A Festa das Nações é de Piracicaba", reforçou.

RAINHAS – As rainhas da 37ª Festa das Nações representam 15 nações. Elas foram apresentadas, também, na cerimônia de ontem, acompanhadas dos atiradores do Tiro de Guerra, e coroadas pelo prefeito Luciano Almeida e por Andréa Almeida.

As rainhas desta edição são Vitória Caires Pilo (Alemanha - Lions Clube de Piracicaba – Independência); Manoela Fonseca Pozar (Brasil - APASPI – Associação de Pais e Amigos de Surdos de Piracicaba e Associação Síndrome de Down de Piracicaba – Espaço Pipa); Brenda Harumi Kawai Onishi (Coreia do Sul - CRAMI – Centro Regional de Registros e Atenção aos Maus Tratos na Infância); Stephany Tavares (Espanha - APFP – Associação Presbiteriana de Filantropia de Piracicaba); Thaís Barbosa Vendemiath (Estados Unidos - AAEPE – Associação Atlética Educando pelo Esporte); Eloá Torrezan Medeiros (Holanda - Centro de Reabilitação Piracicaba); Sofia Laura Zambom (Índia - CVV - Sociedade de Apoio à Vida Dr. Nelson Meirelles); Sophia de Oliveira Pessoa (Itália - Casa do Bom Menino); Camilla Crivelari Kawai (Japão - AVISTAR – Associação de Atendimento à Pessoa com Deficiência Visual de Piracicaba); Rebeca Cotunha Macedo (México - Grupo de Escoteiro São Mário – 144º); Maria Júlia Bissoli (Nações Árabes - CESAC – Centro Social de Assistência e Cultura São José); Maria Eduarda Dezzotti (Nova Zelândia - FUNJAPE - Fundação Jaime Pereira); Laisa Marafon Silva (Portugal – Pasca - Pastoral do Serviço da Caridade); Raquel Laís da Silva Costa (Reino Unido - Instituto Formar) e Lara Luise Camargo de Carvalho (Suíça - Escola de Mães Profª Branca Motta de Toledo Sachs).

A Festa das Nações é realizada pela Fenapi e a promoção é da Prefeitura de Piracicaba, por meio do Fussp (Fundo Social de Solidariedade de Piracicaba), com organização da Secretaria Municipal de Governo. Uma parte dos recursos são oriundos da Lei de Incentivo à Cultura, via Secretaria Especial da Cultura e Ministério da Cidadania.

Os patrocinadores desta edição, já confirmados até o momento, são Caterpillar, Embraplan, Grupo Pirasa e Hyundai (Ouro), Drogal e Unimed (Prata) e Neurônio Adicional e Pecege (Bronze). A cerveja oficial é a Itaipava 100% Malte.

SERVIÇO – 37ª Festa das Nações de Piracicaba. De 18 a 22 de maio, no Engenho Central, avenida Maurice Allain, 454. Contatos com a Fenapi podem ser feitos pelo email diretoria@fenapi.org.br.
Site: www.festadasnações.org.br
Facebook: festadasnacoesdepiracicaba
Instagram: festadasnacoesdepiracicaba